Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A dieta dos 365 dias

A dieta dos 365 dias

30
Abr16

Alimentação e colesterol

Gisèle Magno

E no seguimento da publicação “sobre o colesterol” aqui fica o que deve e não deve fazer para controlar os seus níveis!

 

CUIDADOS BÁSICOS:

- tenha um peso saudável

- diminua o seu perímetro da cintura

- pratique exercício físico

 

EVITAR:

- carnes vermelhas

- charcutarias e enchidos

- lacticínios gordos

- banha para cozinhar

- estrugidos e fritos (satura a gordura)

- alimentos processados (bolachas, snacks salgados)

- refeições pré confeccionadas (pizzas, lasanhas,…) e fast food

- produtos de confeitaria e pastelaria (desengane-se se pensa que levam só açúcar a mais!)

 

INCLUIR:

- alimentos ricos em fibra (vegetais, frutas, cereais integrais)

- fitoesteróis

- frutos secos

- peixe em geral, peixes gordos em particular

- sementes de sésamo

29
Abr16

Sobre o colesterol

Gisèle Magno

COLESTEROL: ele não dói e não o sente de forma alguma, por isso é tão perigoso. Está directamente relacionado com a ingestão de gorduras de origem animal, sendo os grandes vilões as gorduras saturadas e trans. Ele é fundamental ao nosso organismo, mas em excesso torna-se fatal!

 

“Abri as análises e até me assustei com o valor do colesterol, estava altíssimo!”

Se calhar não estava assim tão alto. Não podemos olhar apenas para o valor do colesterol total. É necessário avaliar e fazer um cálculo com o HDL (bom colesterol) e LDL (mau colesterol). Nunca interprete as suas análises sozinho.

 

“Não há nada a fazer, o meu colesterol é genético.”

Às vezes até é, às vezes tem mesmo uma predisposição genética para ter valores de colesterol sistematicamente elevados. Muitas vezes surge na infância e acompanha a pessoa para o resto da vida. O que está errado nesta fracção, é a ideia de que não há nada a fazer. Pelo contrário, há tudo a fazer! Nestes casos torna-se imprescindível que tenha todos os cuidados alimentares e mais alguns! Se já há uma tendência natural, torna-se ainda mais importante que entre o mínimo de colesterol no seu organismo pela alimentação.

 

“Vale a pena comprar aqueles alimentos de baixar o colesterol?”

Vale sim! Os iogurtes, margarinas e leites que ajudam a baixar o seu colesterol, são ricos em fitoesteróis. Os fitoesteróis são estruturalmente idênticos ao colesterol (mas de origem vegetal) e vão competir com o colesterol no momento da absorção pelo organismo, tendo prioridade na ligação. O colesterol acaba por ser eliminado via intestinal.

MAS logicamente que isto só vale se adotar um estilo de vida saudável! Não fazem milagres, são apenas mais uma ajuda.

28
Abr16

Papaia

Gisèle Magno

papaia.jpgSabia que a papaia é uma das frutas mais ricas em vitamina C e fibras?? Contribui para um sistema imunitário forte, favorece a boa digestão e hidrata!

De sabor leve mas muito particular, pode ser consumida simples, com sementes, frutos secos, queijo fresco, em batidos, é só imaginar e experimentar!

Na imagem: meia papaia (equivalente a uma dose de fruta) com 1 colher de sopa de sementes de sésamo e 6 nozes. Bom demais!!

27
Abr16

Para quando só pensa em doce

Gisèle Magno

IMG_20160423_085502.jpgEstes dias vão acontecer. Vai mesmo ter de comer. Se anda a seguir as minhas dicas, não vai ter nada em casa. Então, fique com uma doce sugestão, pobre em calorias!

 

Faça uma torrada de pão de mistura tipo saloio. Deixe arrefecer. Coloque uma camada de queijo fresco light, outra camada de compota light e decore com umas sementes de sésamo. Faça um chá gigante a acompanhar e, bom proveito! 

26
Abr16

Bife de peru recheado

Gisèle Magno

índice.jpgReceita excelente para quando recebe pessoas em casa, e garantidamente saudável!!

 

RENDE 2 PORÇÕES

 

Ingredientes:

- 2 bifes de peru grandes e fininhos sem gorduras visíveis

- 4 fatias de queijo flamengo -50% gordura

- 2 chávenas almoçadeiras de mistura de vagem com cebola e cogumelos

- 2 batatas grandes

 

Temperos:

- 3 colheres de sopa de polpa de tomate equilíbrio continente

- 1 chávena almoçadeira de água

- 1 colher de sobremesa de alho moído

- azeite qb

- orégãos qb

- sal qb

 

WOOK: saltear os legumes, com uma pitada de sal, alho moído e sem adição de gordura. Estender os bifes, temperar com sal, colocar duas fatias de queijo em cada, colocar os legumes já salteados e enrolar prendendo com palitos.

 

Misturar a polpa de tomate com a água e orégãos. Numa travessa de ir ao forno, regar a base com metade do molho, colocar os bifes já enrolados, e regá-los com a restante metade.

 

Lavar, descascar e partir as batatas em rodelas muito fininhas. Distribuí-las numa travessa de ir ao forno. Regar com um fio de azeite e temperar com um pouco de sal e orégãos.

 

Levar as travessas ao forno por 30 a 40 minutos, temperatura 180ºC.

 

E bom apetite!!!

25
Abr16

Como sobreviver às estações de serviço

Gisèle Magno

Seja a caminho de casa, seja numa longa vigem de trabalho, seja a caminho ou regresso de férias, seja quando se vai visitar a família que mora longe … as estações de serviço são quase paragem obrigatória e uma fonte gigantesca de alimentos prontos a levar e prontos a estragar-lhe a saúde.

 

Já reparou nisto? Da entrada até ao balcão temos, mais ou menos por esta ordem: gelados, bolachas, chocolates, bolos de embalagem, batatas fritas de pacote, gomas, chupa chupas. Se sobrevivermos até ao balcão encontramos: menus sempre mais baratos se optarmos pelo croissant misto ou nata com o café. Se também não pedirmos nada e sairmos pelo outro corredor, eis que surge a comida de frigorífico: refrigerantes e sandes em pão de forma com pastas de coisas que engordam.

 

Tudo isto tem um objectivo, fazer com que a sua fome (comum neste tipo de cenário) seja quase obrigada a ceder a uma das prateleiras tão apelativas. E porque os olhos também comem, todos estes alimentos estão estrategicamente colocados no seu longo caminho até ao balcão e de volta ao carro.

 

Pois bem, vamos às soluções?? Independentemente das horas que demora a viagem, não deixe de fazer os lanches só para chegar mais rápido. Não pense só mais 5 km e depois como qualquer coisa. Não pense agora falta pouco faço um lanche quando chegar. Porque se assim for, quando parar para pôr gasolina, tem a sua sentença ditada: vai acabar a comer porcarias!

 

Leve sempre consigo algumas destas opções: fruta fresca, tostas, tortilhas (tostas e tortilhas já existem em pacotes individuais, muito mais práticos para estas situações), iogurtes líquidos, queijinhos, frutos secos e vá petiscando!

22
Abr16

Bife de atum em cama de cebola e alho francês

Gisèle Magno

aca8125e-b1e9-4371-ba8e-91f8e0d3ed0b.jpg

Adoro bifes de atum! Vamos lá à receita!

RENDE 1 PORÇÃO

 

Ingredientes:

- 1 bife de atum

- 1 cebola

- 1 talo de alho francês pequeno

- 1 noz de massa linguini (se unir polegar e indicador, 1/3 desse espaço)

- Brócolos e mais brócolos porque nunca são demasiados

 

Temperos:

- sal qb

- 1 colher de sopa de azeite

Panela: colocar a cebola e o talo de alho francês em rodelas, cobrir com azeite, colocar o bife e temperar com umas pedrinhas de sal. Tapar e vai a lume brando (sempre tapado) para cozinhar lentamente. Vá virando o bife de atum.


Cozer a massa e brócolos, tudo junto, em água com sal.


E está pronto! Bom apetite! (aproveite toda a cebola e alho francês, ficam com um sabor óptimo, e contam como legumes!!!)

 

21
Abr16

Lancheiras saudáveis para os seus filhos

Gisèle Magno

90af687562aca7193705dc930477175c.jpg

Esqueça o pão de forma, o pão de leite, os manhãzitos, as bolachas, os sumos, a nutella e a marmelada no pão.

As crianças não precisam de açúcar e mais açúcar, muito menos de alimentos altamente processados em saquinhos, precisam sim de alimentos que lhes forneçam os nutrientes certos para crescerem saudáveis e energia boa para estudar!

 

SUGESTÃO 1:

1 iogurte líquido ou sólido com polpa ou pedaços de fruta

1 pão de mistura com fiambre de perú/frango

Uma banana

 

SUGESTÃO 2:

10 mini tostas integrais

2 queijinhos babybell

1 gelatina

Puré caseiro de maça/pêra

 

SUGESTÃO 3:

1 pacote de leite achocolatado mimosa bem essencial

1 pão de centeio com queijinho vaca que ri

Uma maça

 

SUGESTÃO 4:

Uma saqueta de tortilhas de milho mini

2 danoninhos

Uma gelatina

Salada de fruta sem adição de açúcar

 

SUGESTÃO 5:

1 pacote de leite simples

1 pão de mistura com compota light

1 queijinho vaca que ri

Uma pêra

 

COMUM A TODOS:  garrafa de 0,5L de água!

21
Abr16

Gelatina

Gisèle Magno

ec8ca20e587eff59411164931db09256.jpg

Leve e fresca, ideal para o bom tempo que começa a querer espreitar. Como sobremesa, a completar um lanche, como SOS para a fome fora de horas. Uma boa forma de hidratação para quem tem dificuldade em beber água. Proteína para os músculos. Ajuda-o a sentir-se mais saciado, pois pelo seu volume e textura gelatinosa rapidamente ocupa uma boa parte do seu estômago. Se tem cabelo e unhas frágeis, ingira gelatina diariamente durante um mês e conte-me as diferenças!

 

Na hora de comprar, opte sempre por gelatina light ou 10kcal, são as únicas que lhe garantem todos estes benefícios sem a adição de açúcar!

20
Abr16

“Não tenho mesmo tempo para fazer exercício”

Gisèle Magno

Eu sei que há vidas complicadas, percebo que é pior para quem tem filhos, sei também que há horários de trabalho que não deixam margem para muito, que há semanas que é mesmo impossível, que às vezes está mesmo mau tempo ou calor a mais.

 

Mas cada dia da semana tem 24 horas o que lhe dá 168 horas considerando os 7 dias da semana. Dessas 168 horas passa em média 49 horas deitado a dormir e, se a sua profissão é sedentária, 28 horas sentado (descontei  1,5 horas para idas ao café, impressora e casa de banho). Se faz uma viagem de carro/transportes para o trabalho, vamos imaginar 20 minutos para cada lado, acresce mais 3,5 horas no carro. Sono + trabalhar sentado + viagem de carro dá 80,5 horas da semana, praticamente metade, sem actividade numa posição sentado/deitado. E não conto aqui horas de lazer sedentárias sofá/esplanada/restaurante/praia/tablet/facebook.

 

Consegue perceber agora o quanto precisa contrariar esta tendência pela sua saúde? Não consegue dormir menos uma hora, ou chegar uma hora mais tarde a casa, ou encurtar a sua hora de almoço 4 dias por semana? Será que não arranja mesmo, se planear bem, 4 horas DAS 168 HORAS DA SEMANA para fazer exercício físico?

Pág. 1/4

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

CONSULTA DE NUTRIÇÃO

Porto - Boavista; Gaia - Centro/Praias/Grijó; Espinho

CONSULTA DE NUTRIÇÃO ONLINE

Ideal para quem vive longe, tem horários confusos e falta de tempo. Não há mais desculpas para não cuidar de si, nutrição à distância de um "click"!

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D