Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A dieta dos 365 dias

A dieta dos 365 dias

29
Set17

Dióspiro

Gisèle Magno

IMG_20170927_151749.jpg

Uma das frutas mais típicas de Outono, adorada por muitos, temida por outros tantos pelo teor de "açucares".

O dióspiro tem sim uma quantidade considerável de hidratos de carbono, no entanto, desde que consumido com moderação (um por dia máximo) num esquema alimentar saudável, não terá qualquer problema. Os benefícios que este apresenta para a sua saúde são inúmeros!

O dióspiro é riquíssimo em fibras solúveis, que ajudam a obter saciedade e regulam o trato intestinal. O seu teor em carotenóides faz desta fruta um antioxidante por excelência e poderoso protector cardiovascular. Tem também na sua composição quantidades apreciáveis de vitamina A e potássio.

Por norma o dióspiro é consumido em crú, à colher!

 

27
Set17

Bem-vindo Outono!

Gisèle Magno

Resultado de imagem para outono

 

Está oficialmente aberta a época das mães dizerem "tens de comer mais com o tempo frio!!!" Começa a sentir o frio? Começa a procurar o conforto das comidas quentes? Pelo menos aqui no norte, o verão quer mesmo deixar-nos. Muitos utentes vão dizendo que os iogurtes, fruta, saladas já não sabem tão bem e que começam a beber menos água. Vamos então a algumas dicas para a transição!

 

- Faça desporto! O movimento aumenta a temperatura corporal.

- Sopa, sempre sopa no início da refeição, bem quentinha!

- Saladas quentes funcionam como as frias, são rápidas! Exemplo: brocolos + feijão frade + ovo + atum.

- Fruta cozida em puré em vez de natural.

- Leite morno/quente (ou bebida vegetal) em vez iogurte.

- Use canela como topping, provoca a sensação de calor no estômago.

- Cevada/café/descafeinado/chá em versão XXL para ir bebendo ao longo do dia, sempre sem açúcar. Pode também usar um truque bem simples: comer o seu iogurte com granola e fruta frio e depois reconfortar com uma bebida quente no final.

- Comidas tradicionais e ditas mais pesadas são ok, desde que ADAPTADAS! Use só azeite como gordura, não faça estrugidos e adicione sempre legumes.

23
Set17

Esparguete com molho de tomate e queijo - versão saudável

Gisèle Magno

IMG_20170917_152036.jpg

INGREDIENTES PARA 2 DOSES:

- 2 medidas de esparguete

- 1/2 pimento verde

- 1 cebola

- 2 colheres de sobremesa de linhaça

- 2 fatias de queijo fundido light

- 1 tomate triturado

- 2 colheres de sopa de polpa de tomate

- 2 colheres de sopa de orégãos

- 2 colheres de café de alho moído

- sal qb

- água qb

 

Coza o esparguete em água com uma pitada de sal. Triture o tomate até obter uma polpa. Corte em quadrados pequenos a cebola e pimento. Coloque num tacho o tomate triturado, a polpa, o pimento, a cebola, a linhaça e junte água até cobrir. Misture bem e tempere com o alho moído, orégãos e uma pitada de sal. Leve a lume brando e vá mexendo. Pode ter que colocar mais um pouco de água. Quando a cebola e pimento estiverem cozinhados, junte o esparguete e envolva bem. Coloque o queijo e mexa até este derreter completamente. Está pronto!

22
Set17

Quero ser vegetariano, por onde começo?

Gisèle Magno

Por decidir que tipo de vegetariano quer ser. Quer ser vegano (eliminar totalmente o consumo de produtos de origem animal - carne/peixe/ovos/lácteos), quer ser lacto vegetariano (permite lácteos), quer ser ovo lacto vegetariano (permite ovos e lácteos), quer ser ovo vegetariano (permite ovos) ou semi vegetariano (tem por base uma alimentação vegetariana mas ocasionalmente e conforme vontade ingere carne branca ou peixe)?

 

Aqui a decisão terá por base as suas motivações para adotar este estilo de vida. Ao eliminar produtos de origem animal, a primeira preocupação é como fica a ingestão de proteína. Se optar por permitir ovos e lácteos, será mais fácil atingir as necessidades nutricionais, especialmente proteícas, não tendo uma preocupação tão grande com eventuais défices. Se optar por excluir todos os produtos animais, não se preocupe, pode ter uma alimentação igualmente completa e segura, terá apenas de redobrar a atenção nas escolhas diárias. 

 

Vitamina B12, vitamina D, cálcio, zinco, ferro, iodo e ácidos gordos essenciais são apontados como os micronutrientes dos quais pode ter algum défice mais facilmente. Mas, não comece logo por suplementar, com as escolhas certas, poderá não sentir essa necessidade.

 

Vamos assumir aqui um estilo vegano. A sua alimentação terá como base os seguintes produtos: cereais/hortícolas/fruta/leguminosas/frutos gordos/sementes/gorduras vegetais. Se não gosta de leguminosas, sementes e frutos gordos, este padrão alimentar pode não ser o adequado para si, pois sem a ingestão destes produtos será certo ter em falta algum dos micronutrientes acima descritos, além de facilmente cair na monotonia por falta de opções.

 

CEREAIS/TUBÉRCULOS: arroz, trigo, centeio, quinoa, aveia, milho, batata, amaranto, trigo sarraceno, bulgur, millet, batata doce, mandioca

HORTÍCOLAS: mais variado possível

FRUTA: mais variado possível

LEGUMINOSAS: feijão, grão, ervilhas, lentilhas, favas, soja

FRUTOS GORDOS: amêndoa, noz, caju, amendoim, avelã, noz pecan, manteigas dos mesmos

SEMENTES: linhaça, sésamo, girassol, abóbora, papoila, chia

GORDURAS VEGETAIS: azeite, óleo de cocô, óleo de abacate, óleos de sementes

 

Todos os dias deve ingerir produtos de TODOS estes grupos.

 

As suas principais fontes de proteína vegetal serão as leguminosas com especial destaque para a soja e derivados, amaranto, quinoa e aveia no grupo dos cereais, os frutos gordos e sementes.

 

As sementes e frutos gordos, que nos fornecem gorduras saudáveis, têm também níveis apreciáveis de proteína, pelo que deve consumi-los diariamente!

 

Feijão com arroz contínua a ser um clássico! Junte-lhe vegetais e tem uma refeição completa!

 

NOTA: pode pesquisar aqui mesmo no blog diversas receitas vegetarianas!

19
Set17

Sobre o peixe gordo

Gisèle Magno

salmão-1024x477.jpg

Se o peixe é gordo, o problema é dele, não seu! :)

 

As gorduras do peixe são extremamente saudáveis para o nosso organismo, desempenhando funções fulcrais no nosso cérebro e coração. Estas gorduras têm um efeito protetor para nós, o nosso organismo utiliza-as, pelo que não se vão acumular sob a forma de gordura.

 

Coma sem medo. #comamaispeixe

15
Set17

Alimentos que nunca deve dar aos seus filhos antes dos 6 anos

Gisèle Magno

Apesar de muitas crianças frequentarem o pré escolar, os seus hábitos e rotinas começam a mudar verdadeiramente na altura da entrada para o primeiro ciclo. Maior número de refeições fora de casa, lanches em casa dos coleguinhas, festas da escola, festas de anos, atividades extra curriculares. Estas ocasiões, infelizmente, trazem sempre anexas um monte de comidas menos saudáveis mas que inevitavelmente eles acabam por consumir com maior frequência que o desejável.

É por isso que, aconselho sempre os pais, NÃO INTRODUZAM a seguinte lista de alimentos em idades jovens. Não vão fazer qualquer falta ao organismo dos seus filhos e, quanto mais tarde os experimentarem, menor a probabilidade de gostarem!

 

- Batatas fritas de pacote

- Salgadinhos

- Gomas

- Sumos e refrigerantes

- Bolachas com coberturas/recheios

- Bolos embalados

- Bolos de pastelaria com coberturas/recheios

- Rebuçados

- Hamburgueres e pizzas

- Enchidos e fumados

Pág. 1/2

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

CONSULTA DE NUTRIÇÃO

Porto - Boavista; Gaia - Centro/Praias/Grijó; Espinho

CONSULTA DE NUTRIÇÃO ONLINE

Ideal para quem vive longe, tem horários confusos e falta de tempo. Não há mais desculpas para não cuidar de si, nutrição à distância de um "click"!

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D