Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A dieta dos 365 dias

Blog de nutrição. Alimentação saudável. Receitas. Acompanhamento online.

GRANOLA DE SEMENTES E FRUTOS SECOS

Porque receitas de granola, nunca são a mais!

25.02.21 | Gisèle Magno

Polish_20210222_194927880.jpg

Esta granola ficou qualquer coisa de divinal! A base é a habitual (aveia, sementes e frutos secos) mas fiz a cobertura à parte, mais líquida, e só depois envolvi nos secos. Fica muto mais crocante!

 

Grandes vantagens de fazer a sua própria granola:

- fica mais económica (apesar de os frutos secos serem caros, não se compara ao preço das granolas comerciais, para o tempo que duram)

- controla os ingredientes que coloca

- rende várias porções

- é um processo relativamente rápido e simples

 

INGREDIENTES: 

- 500g de flocos de aveia finos

- 1 chávena almoçadeira de amêndoas com pele

- 1 chávena almoçadeira de mistura de sementes (abóbora e girassol)

- 1/2 chávena de farinha de aveia com proteína sabor a bolacha (opcional)

- canela a gosto

 

- 4 colheres de sopa de mel

- 2 colheres de sopa de manteiga de amendoim crocante

- 1 chávena almoçadeira de bebida vegetal

 

Ligue o forno a 180ºC. Misture os ingredientes secos numa assadeira larga. Misture os ingredientes líquidos numa taça, bata até obter uma mistura homogénea.

Adicione esta mistura nos ingredientes secos. Envolva muito bem. Leve ao forno por 20 a 30 minutos.

 

Alegações nutricionais

A que deve estar atento na hora de escolher os seus alimentos

22.02.21 | Gisèle Magno

20210222_100936_0000.png

 

Um produto ser reforçado com um ingrediente saudável, não faz dele um alimento saudável.
Um produto ser isento de um ingrediente menos saudável, também não faz dele um alimento saudável.

Obviamente existem adaptações positivas, que tornam o produto mais interessante do ponto de vista nutricional e que devemos aproveitar. Mas, em outros casos, serve apenas de mote à compra, levando a crer que por aquela característica passa a ser saudável o seu consumo regular.


Exemplos práticos:

- Iogurte sem lactose: excelente para intolerantes, facilita processo de digestão

- Massa sem gluten: excelente para celíacos e para todos nós podermos variar

- Batata frita de pacote com redução de sal: continua a ser frita, a ter um alto teor de gordura sem riqueza nutricional alguma

- Bolachas sem açúcar: provavelmente têm uma longa lista de ingredientes para substituir o açúcar e compensação na quantidade de gordura

- Margarina enriquecida com ómega 3: continua a ser gordura de barrar, altamente processada, pode ser mais rica mas não é de todo a melhor fonte para obtermos as gordura saudável que necessitamos


Temos sempre que observar toda a lista de ingredientes para perceber se o alimento se adequa ou não ao nosso padrão de consumo. Temos igualmente de perceber, no caso de alimentos menos ricos nutricionalmente, se aquela alegação é suficiente para justificar o seu consumo regular.

PS: válido para alimentos que queremos incluir no nosso dia a dia, como excepção à regra, tudo é válido!!

Papas de aveia de forno - banana e cacau

Para toda a família!

19.02.21 | Gisèle Magno

Polish_20210218_162547918.jpg

INGREDIENTES PARA 4  A 6 DOSES:

- 1 e 1/2 chávena almoçadeira de flocos de aveia finos

- 1/2 chávena almoçadeira de farelo de aveia

- 2 colheres de sopa de farinha de linhaça

- 2 colheres de sopa de mel

- 2 colheres de sopa de manteiga de amendoim crocante

- 2 chávenas almoçadeiras de bebida de amêndoa

- 1/2 chávena almoçadeira de água

- 1 banana

- 2 cubos de cacau 70%

- canela

 

Ligue o forno a 200ºC. Coloque numa assadeira pequena a aveia (flocos e farelo) e a linhaça. Adicione de seguida a bebida vegetal e envolva até ficar sem grumos. Junte a manteiga de amendoim, o mel e envolva. Se a massa ficar espessa, adicione a água.

Decore com rodelas de banana, canela e pedaços de cacau.

Leve ao forno cerca de 30 minutos ou até lourar. Sirva simples ou com iogurte!

Cozido à portuguesa vegan

comida tradicional reinventada :)

16.02.21 | Gisèle Magno

Polish_20210216_141316185.jpg

Polish_20210216_141409689.jpg

Embora seja um carnaval diferente, não quis deixar passar o dia sem uma receita reinventada de um prato típico desta festa. Mesmo que consuma carnes, é bom variar e experimentar versões diferentes!

Embora sejam opções processadas, são vegetais, e isso fará sempre com que sejam mais saudáveis que charcutaria tradicional. E porque é carnaval, ninguém leva a mal eu fazer estas substituições! 

 

INGREDIENTES PARA 2 PESSOAS:

- 2 batatas brancas

- 1 batata doce

- 1/2 nabo

- 1 cenoura

- 4 folhas de couve coração 

- 1/2 bloco de tofu fumado 

- 1/2 alheira vegetal

- 2 salsichas vegetais

- sal qb

 

Descasque, lave e corte em pedaços pequenos as batatas, cenoura e nabo. Corte em cubos o tofu e em pedaços as salsichas. Retire a película que envolve a alheira e corte em pedaços. Lave as folhas de couve inteiras.

Ferva água com sal. Adicione em primeiro lugar a batata, nabo e cenoura. Após cinco minutos adicione o tofu e "enchidos". Deixe cozinhar, em lume médio, até a batata estar cozida. Adicione por fim as folhas de couve e deixe escaldar 2 minutos.

Chips de mandioca

Acompanhamento ou snack? Você decide!

15.02.21 | Gisèle Magno

Polish_20210214_194715178.jpg

Polish_20210214_195131872.jpg

Quem nunca esteve de dieta a sonhar com uma batatinha frita? Pois bem, agora já pode, e nem vai contar como extra!

Já cá pelo blog passaram receitas de batata frita no forno, tanto batata branca como doce, e ora que é chegada a vez da mandioca!
Usamos a mandioca bem menos do que devíamos, e passo a explicar porquê:
- sou muito apologista e atenta, nos meus utentes, a que haja variedade nas fontes de hidrato de carbono. O nosso organismo é demasiado complexo para viver só de arroz/massa/batata, e a mandioca surge aqui como uma excelente opção para variar!
- a mandioca é especialmente rica vitamina C, folatos, potássio, cálcio, fósforo e magnésio.

As chips de mandioca podem ser utilizadas tanto como acompanhamento de prato, como de snack/entrada em dias de festa!

 

INGREDIENTES:

- mandioca

- alho moído

- azeite

- sal

- orégãos

 

Pré aqueça o forno a 200ºC.

Descasque e corte a mandioca em rodelas finas. Coloque numa assadeira de fundo largo, sem sobrepor e tempere com sal.

Numa tigela misture o alho com o azeite. Com a ajuda de um pincel de cozinha, pincele as rodelas de mandioca com esta mistura.

Coloque orégãos (ou outra erva seca a gosto).

Leve ao forno até lourar! E bom apetite!

Batata doce recheada com grão e legumes

aquele veggie que enche o olho!

04.02.21 | Gisèle Magno

Polish_20210201_162438124.jpg

Polish_20210201_162618710.jpg

INGREDIENTES PARA 1 BATATA GRANDE (2 A 3 DOSES):

- 1 batata doce grande

- 1 chávena almoçadeira de grão de bico cozido

- 1/4 de pimento vermelho

- 1 tomate

- 1 pedaço de alho francês

- 4 pezinhos de brocolo

- 1 cenoura grande

- 2 dentes de alho

- 2 colheres de sopa de azeite

- coentros secos qb

- sal qb

- pimentão doce qb

- alho moído qb

- alecrim fresco

 

Aqueça o forno a 200ºC.

Pique a batata doce com um garfo ou palito, e coza em água até amolecer.

Entretanto, no processador, coloque o tomate, os dentes de alho, 1 colher de sopa de azeite, coentros e sal. Coloque num tacho e leve a lume médio até reduzir.

Corte os legumes - brocolo, pimento, cenoura e alho francês - e coloque num recipiente junto com o grão. Tempere com um pouco de sal, alho moído e pimentão doce. Envolva bem e reserve.

Quando a batata estiver pronta, retire, corte a meio na horizontal e coloque numa assadeira. Pincele o molho de tomate nas duas metades e disponha por cima a mistura de vegetais e grão. Regue com o azeite restante e coloque no topo o ramo de alecrim.

Leve ao forno 20 a 30 minutos.

Sobre dietas, dias da asneira, jejum, dieta flexível ...

a perigosa linha que separa o bom senso das modas!

02.02.21 | Gisèle Magno

Este será sempre um tema sensível porque se antigamente fazíamos pura nutrição sem ir a "tribunal", hoje temos aqui um campo de batalha aberto, então, comecemos por dignificar os profissionais de nutrição, independentemente da vertente que seguem, nutrição é só com nutricionistas.

Cada caso é um caso, por isso fazemos uma exaustiva história clínica, pessoal, alimentar e avaliação física. Por isso questionamos tantos aspetos da sua saúde, rotinas, peso ao longo da vida, sentimentos/emoções ... porque cada pessoa é uma pessoa, porque cada caso é um caso!

Uma dieta tem muito mais que só cálculos, cada estratégia é decidida e adaptada após esta avaliação, em função da pessoa que está à nossa frente. Não há milagres, não há só uma forma, não há certo ou errado. Há pessoas, e cada pessoa tem as suas características em que só um plano personalizado para si e para o seu estilo de vida poderá resultar. O que funciona com A pode não funcionar com B e ser até prejudicial para C.

Esqueçam as modas, esqueçam a dieta do vizinho do lado, esqueçam a pílula milagrosa que viram num anúncio, procurem profissionais que olhem para vocês como um todo e expliquem o porquê das coisas. Sigam estratégias com as quais se sintam confortáveis e se identifiquem. Não pode ser um sacrifício, deve ser um novo estilo de vida.

Nutrição é saúde!!!