Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A dieta dos 365 dias

A dieta dos 365 dias

13
Mai17

Os melhores amigos do seu intestino

Gisèle Magno

IMG_20170512_191403.jpg

Tem o trânsito intestinal lento? Sofre de obstipação? Além de praticar exercício físico e adotar uma alimentação saudável, muito moderada em excessos, eis os seus melhores aliados à saúde do seu intestino:

 

- água

- kiwi

- sumo de laranja

- iogurtes de bifidus

- sementes de chia

- farinha de linhaça

- aveia

22
Jan17

Saudável dia a dia

Gisèle Magno

Dor de cabeça, cansaço, azia, má digestão, fraqueza, obstipação, barriga inchada, enjoo ...

 

Já parou para pensar que muitos destes pequenos males do dia a dia podem ter a sua origem no que come ... ou não come?? A alimentação influência muito mais a nossa saúde do que aquilo que acreditamos, ou queremos acreditar.

 

Mude os seus hábitos e sinta-se novo, todo o dia, todos os dias!

17
Jan17

A dieta começa na sua cabeça!

Gisèle Magno

Qual a sua motivção para perder peso?? Se a resposta for "porque tenho um casamento" "porque vou fazer férias de praia na páscoa" "porque toda a gente me diz que estou gordinha", já começamos mal. Deve querer perder peso, sempre, e só, pela sua saúde e bem estar. Se esta for a sua motivação, se se conseguir capacitar que comer bem é uma NECESSIDADE, então podemos sentar-nos e falar de comida o resto do dia. As consequências colaterais de cuidar da sua alimentação serão sempre ficar melhor no vestido, ficar melhor no bikini e não ter um monte de gente a chatear a sua paciência por causa do peso. Comece pelo início!

 

Feito este trabalho, pergunte-se: se é mesmo isto que eu quero, se quero comer bem e sentir-me mais saudável, porque não consigo controlar esta vontade de comer?? E aí começa a sua luta, um dia de cada vez, uma refeição de cada vez. Não espere resultados na balança a cada dia pela manhã. Pense apenas que, cada vez que resiste a um excesso, está a dar passos de gigante no seu caminho, e cada vez que não resiste, dá outros tantos para trás.

 

Algum dia na sua vida vai ter de parar e decidir-se a perder os quilos que estão a mais. Se for agora, já fica feito, e não se pensa mais nisso!!!

 

Se, ainda assim, não está convencido, fica uma última sugestão para avaliar o tamanho do seu problema. Vá buscar uma mochila grande, coloque nela 8 kg de arroz e faça um trajeto normal seu do dia a dia. Sente o esforço extra?? Agora imagine a sua vida sem duas ou três mochilas!

08
Nov16

Sobre o limite fisiológico do corpo

Gisèle Magno

Todos temos de perceber, que não engordamos nem emagrecemos até ao infinito. Existe o chamado limite fisiológico do corpo, para além do qual é muito difícil passar. Quer esteja num plano de emagrecimento quer esteja num plano de aumento de massa muscular, existe aquele peso a partir do qual o seu corpo vai resistir resistir e resistir!!!! E porquê? Porque é para ele uma agressão passar daí, porque implica muitas alterações metabólicas e fisiológicas. Porque não fomos preparados para isso.

É também por isso que os primeiros quilos são muito fáceis de perder ou ganhar. Passada esta primeira fase, o seu corpo vai resistindo e tornando o processo mais lento. Veja isto também com uma defesa (porque o é na realidade), imagine o estado da sua pele se emagrecer ou aumentar 6 kg por mês durante um ano??

É por isso fundamental que saiba da existência deste ponto. Não deve desistir, mas deve criar uma imagem verdadeira do seu corpo e perceber o funcionamento do seu organismo, e assumir que será um processo cheio de avanços e retrocessos, e que isso FAZ PARTE. A partir daí, com uma boa estratégia e um bom planeamento, não há impossíveis! Vai sentir o seu corpo a transformar-se aos poucos, e esses ganhos ficarão para sempre, pois serão alcançados ao ritmo do SEU ORGANISMO e não da sua cabeça ou vontade. Percebe a diferença? Vamos a isso?

03
Nov16

9 formas de consumir água

Gisèle Magno

cubos_gelo_ervas_frutas_d.jpg

1.Natural

2. Aromatizada com gotas de limão e/ou gengibre

3. Água de sementes (água com uma colher de sementes, prepare no dia anterior)

4. Aromatizada com cubos de fruta fresca

5. Chá/infusão (simples ou com pau de canela)

6. Cafés/descafeinados/bebidas de misturas de cereais

7. Sopas

8. Gelatina

9. Sumos naturais (1 fruta ou metade de duas frutas diferentes + água)

27
Set16

Regresso ao trabalho - um guia para aqueles que levaram as férias demasiado a sério

Gisèle Magno

healthy-snacks-for-work1-1263x560.jpg

 Pois é, não é só os miúdos que têm de entrar na linha. Os adultos também. Se isto não é verdade para muitos de nós, há outros tantos que levam tão a sério a expressão "tirar férias de tudo" que Setembro se torna num tormento de frustrações constantes na luta pelo regresso à rotina.

 

Se está neste segundo grupo, siga as dicas!!!

 

1- Volte ao ginásio HOJE. Mesmo que não dê jeito ou mesmo que só tenha 20 minutos para lá estar. Mesmo que nem treine! O que importa agora é RETOMAR o hábito de fazer o percurso até ao ginásio antes de entrar em casa.

2- Não tenha porcarias em casa, nenhumas! Se as tem, dê a alguém ou mande para casa da mãe.

3- Não há excepções até sentir o seu apetite controlado. Até porque vem aí o natal, época da engorda! O verão tem de estar mais que recuperado quando entrar Dezembro.

4- Não coma antes de dormir. Esta é a hora, por excelência, do monstro da fome. Se não o conseguir domar, esqueça, os resultados não vão aparecer. Tem mesmo que se convencer que sentir fome faz parte do processo (depois o estômago encolhe, a glicose estabiliza, e já não sentirá que tem um dinossauro esfomeado na barriga).

5- Leve a sua comida!!!!! Comer fora de casa não é a solução ideal, se tem essa opção, faça as suas próprias refeições (próximos dias, post dedicado às marmitas).

6- Se tem um local fixo de trabalho leve para lá embalagens de iogurtes e gelatinas, tostas integrais e tortilhas, fruta (muita fruta) e queijinhos vaca que ri. Assim não há desculpas para não lanchar ou lanchar porcarias. Se passa o dia de um lado para o outro, prepare de véspera um saco térmico com um exemplar de cada acima descrito, e leve consigo!!

7- Tem mesmo que perder tempo para PLANEAR refeições. É fundamental. E para fazer compras também. São compromissos que têm mesmo que passar a ter dias próprios na agenda.

19
Ago16

Publicidade a novos produtos alimentares

Gisèle Magno

32be13efc8e89666c0622b416f96af6f.jpg

A publicidade a novos produtos alimentares é planeada ao pormenor, para que dificilmente consiga resistir na sua próxima visita ao super mercado. A sua localização na loja também! À entrada, junto às caixas, ao nível dos seus olhos, com cores apelativas, com letreiros “novo!” “experimente” “agora ainda com mais chocolate” “nova receita” ou, então, com uma boa promoção!

A verdade é que, quase sempre, a publicidade do alimento (até na própria embalagem) acaba por ter uma aparência muito melhor do que na realidade, não pense que são só as modelos que sofrem photoshop!

 

A publicidade televisiva é muitas vezes especialmente dirigida aos mais novos, fazendo-se valer da “bonecada” que eles mais gostam associada a determinada marca. Este é um mundo cheio de perigos para os mais gulosos, para os que gostam de experimentar tudo, para quem tem de levar os miúdos quando vai às compras.

 

Quer saber como resistir? Não experimentando! Não compre, não prove, não conheça o sabor. Pelo menos ficará sempre na ideia “se calhar nem ia ser assim tão bom”.

Poupará dinheiro e poupará saúde! Nunca viu um anúncio televiso aos brócolos ou maça pois não??

Vá também, e sempre, às compras SEM FOME. A sua glicose estará estável e o seu cérebro conseguirá sobrepor-se aos gritos desesperados do seu estômago.

 

Vê a imagem? Trata-se de uma publicidade a chocolate bem antiga. Vê como já aqui ela vem associada aos mais novos? Proteja os seus filhos. Eduque-os desde pequenos a saber fazer escolhas alimentares inteligentes!

11
Ago16

Doença do refluxo gastroesofágico

Gisèle Magno

Sente uma pontada no estômago que evolui para uma crise bem dolorosa, sente eventualmente a garganta a queimar, fica rouco, pode sentir algum desconforto ao engolir. Sente-se inchado e sente que algo está errado com a sua digestão. Sente como que o esterno a queimar, pode até sentir pontadas no peito. E agora??? Pode ser doença do refluxo gastroesofágico que, como o nome indica, acontece quando o conteúdo gástrico sobe ao esófago.

 

Pode não passar disto, pode piorar. Se piorar pode causar feridas no esófago e/ou estômago ou até evoluir para lesões mais graves, que serão muito mais limitativas.

 

Cuidados a ter quando sofre de doença do refluxo gastroesofágico:

 

- fazer refeições frequentes e pouco volumosas;

- evitar o consumo de fritos e gorduras em geral;

- evitar condimentos fortes e/ou picantes;

- evitar molhos de qualquer natureza;

- evitar o consumo de citrinos e tomate;

- evitar o consumo de café;

- evitar o consumo de chá verde e chá preto;

- evitar o consumo de chocolate,

- evitar o consumo de iogurtes naturais;

- não ingerir alimentos 2 horas entes de dormir,

- se for o caso, perder peso.

10
Ago16

Os 10 maiores vilões da sua saúde e dieta

Gisèle Magno

1ajunk-food.jpg

 

bolos de pastelaria

gomas

chocolate

pão branco

batatas fritas de pacote

refrigerantes

salgadinhos

fast food

charcutarias

bolachas

 

 

COMIDA ARTIFICIAL. Quanto mais colorida, apelativa e com formas exactas, pior. Todos eles são alimentos altamente processados, ricos em gorduras de fraca qualidade e/ou açucares refinados.

Não faz ideia do mal que faz ao seu corpo ser repetidamente exposto aos componentes que este tipo de alimentos contém. É uma agressão para todo o seu sistema digestivo e, prepare-se para uma maratona de exercício cada vez que consome um destes produtos, para garantir que o seu corpo excreta o que acumulou.

São alimentos sem os quais pode (E DEVE) viver perfeitamente! Experimente eliminar do seu cardápio estes alimentos por 15 dias e conte-me as diferenças!

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

CONSULTA DE NUTRIÇÃO

Porto - Boavista; Gaia - Centro/Praias/Grijó; Espinho

CONSULTA DE NUTRIÇÃO ONLINE

Ideal para quem vive longe, tem horários confusos e falta de tempo. Não há mais desculpas para não cuidar de si, nutrição à distância de um "click"!

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D