Excluir Tag

Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A dieta dos 365 dias

Blog de nutrição. Alimentação saudável. Receitas. Acompanhamento online.

A dieta dos 365 dias

Blog de nutrição. Alimentação saudável. Receitas. Acompanhamento online.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Mensagens

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

CONSULTA DE NUTRIÇÃO

Nutrição clínica, desportiva, vegetariana/vegan - Gaia, Espinho, online

ACOMPANHAMENTO NUTRICIONAL ONLINE

Ideal para quem vive longe, tem horários confusos e falta de tempo. Não há mais desculpas para não cuidar de si, nutrição à distância de um "click"!
17
Jan19

Ter um ingrediente saudável, não torna um alimento saudável

Gisèle Magno

Quando falo em alimento saudável, refiro-me a um alimento puro, utilizado tal qual a natureza o faz chegar a nós ou a um alimento construído a partir de ingredientes com propriedades benéficas ao nosso organismo e com o mínimo de processamento possível.

 

É preciso estarmos atentos a isto! O marketing alimentar é muito forte e muito persuasivo. Exemplos simples. Aveia é um alimento saudável e natural, aveia com sabor a morango já não vem da plantinha. Batata doce é um alimento saudável, chips de batata doce fritas e embaladas, não. Avelã é um alimento saudável, barrita de avelãs (com uma pasta de açucar para fazer a ligação) não. A pescada é saudável, um filete de pescada com molho xpto pré confeccionado, não.

 

Leia sempre a lista de ingredientes. Quanto menor, mais certo está a comprar. Evite alimentos com gordura e açúcar adicionados. E, com alguma criatividade à mistura, é bem possível produzir em casa com ingredientes seleccionados quase tudo o que encontramos no supermercado. Triture morangos frescos e junte às papas de aveia. Corte batata doce muito fininha e leve ao forno com um fio de azeite até tostar. Triture avelã, junte mel e leve ao forno. Compre filetes simples, faça panados em casa com ovo, farinha de aveia/linhaça/integral, junte ervas aromáticas frescas e leve ao forno!

 

Ter em casa os alimentos e ingredientes certos é mais de meio caminho andado para um estilo de vida leve, simples e saudável!

25
Jan18

Sobre o preço do peixe, promoções e a lista de compras

Gisèle Magno

O peixe é bem caro em Portugal. Mas há muitos alimentos que também o são, sem parecer. Veja o exemplo, com base nos preços de um folheto promocional da corrente semana.

 

Imagine que foi às compras, com o seu folheto na mão, e aproveitou as segunties promoções:

 

4x croissant 1,56eur

1x refrigerante grande 0,89eur

1x salsichas porco 1,09eur

1x batatas fritas pacote 0,79eur

1x manhazitos 1,24eur

TOTAL 5,57eur

 

Neste mesmo folheto, encontra 1KG de dourada ou robalo a 5,45eur. Mesmo em orçamentos mais limitados, se abdicarmos de certos produtos, se fizermos compras e escolhas inteligentes, é sim possível incluir refeições de peixe na ementa semanal da família.

 

Repare que, facilmente se coloca no carrinho esta lista de alimentos só para "ter em sos" e "já que vim às compras hoje come-se um bolinho". Todos eles são alimentos pouco ou nada interessantes do ponto de vista nutricional e até prejudiciais à sua saúde, não devendo por isso fazer parte das escolhas diárias. Se o seu orçamento é limitado, não acha que vai muito melhor servido com o peixinho? :)

21
Jun17

Esperar na fila do supermercado, ou o último nível antes de ganhar o jogo!

Gisèle Magno

depositphotos_20065551-stock-illustration-smiling-

Pois é, sabe quando leva consigo a lista do que necessita para não cair em tentação? Sabe quando faz um bom e saudável lanche antes de ir às compras para não sentir fome? Sabe quando evita o corredor dos doces para nem saber as novidades? Sabe quando até a ver o folheto das promoções passa rápido as páginas das bolachas e afins? Então sabe a frustração ENORME que é superar todos estes níveis e chegar ao desafio final, quando já não tem mais forças para dizer não ... os chocolates que estão estrategicamente colocados ao nível dos nosso olhos nas caixas de supermercado! Sítio este onde mais tempo fica parado sem ter por onde escapar.

 

É duro. É ingrato. Ainda por cima são chocolatinhos individuais que nos levam a pensar "também se levar um só pequenino não é assim tão mau". Olhe que é. Chama-se estratégia comercial, e tem de lutar contra ela. Pense em todos os obstáculos que superou com distinção, não se deixe morrer na praia, lute contra o sistema comercial, não leve o chocolate!!!! Vamos todos sair alegres e vitoriosos do supermercado?? :)

13
Mai17

Os melhores amigos do seu intestino

Gisèle Magno

IMG_20170512_191403.jpg

Tem o trânsito intestinal lento? Sofre de obstipação? Além de praticar exercício físico e adotar uma alimentação saudável, muito moderada em excessos, eis os seus melhores aliados à saúde do seu intestino:

 

- água

- kiwi

- sumo de laranja

- iogurtes de bifidus

- sementes de chia

- farinha de linhaça

- aveia

25
Mar17

Cacau vs chocolate negro e culinário

Gisèle Magno

Não se deixe enganar!! Chocolate negro ou culinário NÃO É CACAU! Geralmente estas versões de chocolate têm em média metade cacau, e o restante em açucares e gorduras variadas. Já as vesões de chocolate de leite têm apenas, em média, 30% de cacau. O chocolate branco, nem vale a pena falar, será o equivalente a mastigar cubos de açucar embebidos em manteiga (e não estou a exagerar!).

 

O cacau, crú, será sempre o ideal. Seja em pó ou tablete. São aceitáveis, também, as tabletes com percentagem de cacau acima de 70%.

 

Mas, ATENÇÃO, apesar do cacau ser um alimento puro e com alguns benefícios comprovados para a saúde, é naturalmente muito rico em gorduras, o que exige sempre moderação no seu consumo, especialmente se estiver a lutar contra uns quilinhos a mais! E, já sabem, a manhã ou pós almoço são sempre as melhores alturas do dia para introduzir as "gordices", mesmo as autorizadas! :)

27
Set16

Regresso ao trabalho - um guia para aqueles que levaram as férias demasiado a sério

Gisèle Magno

healthy-snacks-for-work1-1263x560.jpg

 Pois é, não é só os miúdos que têm de entrar na linha. Os adultos também. Se isto não é verdade para muitos de nós, há outros tantos que levam tão a sério a expressão "tirar férias de tudo" que Setembro se torna num tormento de frustrações constantes na luta pelo regresso à rotina.

 

Se está neste segundo grupo, siga as dicas!!!

 

1- Volte ao ginásio HOJE. Mesmo que não dê jeito ou mesmo que só tenha 20 minutos para lá estar. Mesmo que nem treine! O que importa agora é RETOMAR o hábito de fazer o percurso até ao ginásio antes de entrar em casa.

2- Não tenha porcarias em casa, nenhumas! Se as tem, dê a alguém ou mande para casa da mãe.

3- Não há excepções até sentir o seu apetite controlado. Até porque vem aí o natal, época da engorda! O verão tem de estar mais que recuperado quando entrar Dezembro.

4- Não coma antes de dormir. Esta é a hora, por excelência, do monstro da fome. Se não o conseguir domar, esqueça, os resultados não vão aparecer. Tem mesmo que se convencer que sentir fome faz parte do processo (depois o estômago encolhe, a glicose estabiliza, e já não sentirá que tem um dinossauro esfomeado na barriga).

5- Leve a sua comida!!!!! Comer fora de casa não é a solução ideal, se tem essa opção, faça as suas próprias refeições (próximos dias, post dedicado às marmitas).

6- Se tem um local fixo de trabalho leve para lá embalagens de iogurtes e gelatinas, tostas integrais e tortilhas, fruta (muita fruta) e queijinhos vaca que ri. Assim não há desculpas para não lanchar ou lanchar porcarias. Se passa o dia de um lado para o outro, prepare de véspera um saco térmico com um exemplar de cada acima descrito, e leve consigo!!

7- Tem mesmo que perder tempo para PLANEAR refeições. É fundamental. E para fazer compras também. São compromissos que têm mesmo que passar a ter dias próprios na agenda.

19
Ago16

Publicidade a novos produtos alimentares

Gisèle Magno

32be13efc8e89666c0622b416f96af6f.jpg

A publicidade a novos produtos alimentares é planeada ao pormenor, para que dificilmente consiga resistir na sua próxima visita ao super mercado. A sua localização na loja também! À entrada, junto às caixas, ao nível dos seus olhos, com cores apelativas, com letreiros “novo!” “experimente” “agora ainda com mais chocolate” “nova receita” ou, então, com uma boa promoção!

A verdade é que, quase sempre, a publicidade do alimento (até na própria embalagem) acaba por ter uma aparência muito melhor do que na realidade, não pense que são só as modelos que sofrem photoshop!

 

A publicidade televisiva é muitas vezes especialmente dirigida aos mais novos, fazendo-se valer da “bonecada” que eles mais gostam associada a determinada marca. Este é um mundo cheio de perigos para os mais gulosos, para os que gostam de experimentar tudo, para quem tem de levar os miúdos quando vai às compras.

 

Quer saber como resistir? Não experimentando! Não compre, não prove, não conheça o sabor. Pelo menos ficará sempre na ideia “se calhar nem ia ser assim tão bom”.

Poupará dinheiro e poupará saúde! Nunca viu um anúncio televiso aos brócolos ou maça pois não??

Vá também, e sempre, às compras SEM FOME. A sua glicose estará estável e o seu cérebro conseguirá sobrepor-se aos gritos desesperados do seu estômago.

 

Vê a imagem? Trata-se de uma publicidade a chocolate bem antiga. Vê como já aqui ela vem associada aos mais novos? Proteja os seus filhos. Eduque-os desde pequenos a saber fazer escolhas alimentares inteligentes!

10
Ago16

Os 10 maiores vilões da sua saúde e dieta

Gisèle Magno

1ajunk-food.jpg

 

bolos de pastelaria

gomas

chocolate

pão branco

batatas fritas de pacote

refrigerantes

salgadinhos

fast food

charcutarias

bolachas

 

 

COMIDA ARTIFICIAL. Quanto mais colorida, apelativa e com formas exactas, pior. Todos eles são alimentos altamente processados, ricos em gorduras de fraca qualidade e/ou açucares refinados.

Não faz ideia do mal que faz ao seu corpo ser repetidamente exposto aos componentes que este tipo de alimentos contém. É uma agressão para todo o seu sistema digestivo e, prepare-se para uma maratona de exercício cada vez que consome um destes produtos, para garantir que o seu corpo excreta o que acumulou.

São alimentos sem os quais pode (E DEVE) viver perfeitamente! Experimente eliminar do seu cardápio estes alimentos por 15 dias e conte-me as diferenças!

22
Jul16

Afinal, o que é isso de agricultura biológica? Vale mesmo a pena?

Gisèle Magno

legumes-agricultura-biologica.jpg

“A Agricultura Biológica é um modo de produção que visa produzir alimentos e fibras têxteis de elevada qualidade, saudáveis, ao mesmo tempo que promove práticas sustentáveis e de impacto positivo no ecossistema agrícola. Assim, através do uso adequado de métodos preventivos e culturais, tais como as rotações, os adubos verdes, a compostagem, as consociações e a instalação de sebes vivas, entre outros, fomenta a melhoria da fertilidade do solo e a biodiversidade.

Em Agricultura Biológica, não se recorre à aplicação de pesticidas nem adubos químicos de síntese, nem ao uso de organismos geneticamente modificados. Desta forma, garante-se o direito à escolha do consumidor e é salvaguardada a saúde do consumidor, ao evitar resíduos químicos nos alimentos. É, além disso, salvaguardada a saúde dos produtores, que evitam o contacto com químicos nocivos e preserva-se o ambiente da contaminação de poluentes, cuja actual carga sobre os solos e as águas é, em grande parte, da responsabilidade de sistemas intensivos de agropecuária.”

em Associação Portuguesa de Agricultura Biológica

 

Quanto opta por produtos de agricultura biológica está a garantir saúde, frescura e pureza à sua mesa. Os produtos de agricultura biológica estão totalmente isentos de produtos químicos, sendo que mesmo a contaminação cruzada está salvaguardada (isto é, o próprio terreno antes de conter este tipo de produção é totalmente limpo e a inexistência de campos de cultivo tradicional ou indícios de poluição em redor é assegurada).

 

DESVANTAGEM: é cara. E é cara porque há muito desperdício. Logicamente que, sem tratamento, muitos destes alimentos apodrecem ou apresentam características que impedem a venda ao público. Além disso, é sazonal. Não podemos, por exemplo, fazer nascer ameixas ou tomates fora da época, sem que haja adubos.

 

Se tem a possibilidade de optar por produtos de produção biológica, não hesite! Caso isso não lhe seja logisticamente ou financeiramente possível vá alternando. Compre frutas e legumes de agricultura tradicional, e, quando apanhar uma boa promoção, compre uns quantos de agricultura biológica e congele (aumentando assim o seu tempo de vida).

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Mensagens

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

CONSULTA DE NUTRIÇÃO

Nutrição clínica, desportiva, vegetariana/vegan - Gaia, Espinho, online

ACOMPANHAMENTO NUTRICIONAL ONLINE

Ideal para quem vive longe, tem horários confusos e falta de tempo. Não há mais desculpas para não cuidar de si, nutrição à distância de um "click"!