Excluir Tag

Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A dieta dos 365 dias

Blog de nutrição. Alimentação saudável. Receitas. Acompanhamento online.

A dieta dos 365 dias

Blog de nutrição. Alimentação saudável. Receitas. Acompanhamento online.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Mensagens

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

CONSULTA DE NUTRIÇÃO

Nutrição clínica, desportiva, vegetariana/vegan - Gaia, Espinho, online

ACOMPANHAMENTO NUTRICIONAL ONLINE

Ideal para quem vive longe, tem horários confusos e falta de tempo. Não há mais desculpas para não cuidar de si, nutrição à distância de um "click"!
13
Ago19

Sobre motivação, mudança e força de vontade

Gisèle Magno

Não é difícil inscrever-se no ginásio, difícil é treinar.

Não é difícil fazer compras saudáveis, difícil é utilizá-las no dia a dia.

Não é difícil pedir peixe com legumes no restaurante, difícil é resistir ao resto da ementa.

Não é difícil dizer não quando lhe oferecem um doce, difícil é dizer não com convicção.

Não é difícil subir para a balança, difícil pode ser ver o resultado.

 

Equilíbrio é a chave para tudo. Disciplina também. Focar nos seus objetivos e ser firme consigo, com os que o rodeiam e ser consistente nas suas rotinas do dia a dia. E se a cada dia lutar contra os seus “difíceis”, vai conseguir alcançar as mudanças que anseia. Pode ser preciso acordar mais cedo, deitar mais tarde, cozinhar mais vezes, fazer mais compras, explicar mais vezes porque não come isto ou aquilo … mas, a cada passo, lembre-se, está a ganhar saúde e como bónus a melhorar o reflexo no espelho!

16
Out18

DIA MUNDIAL DA ALIMENTAÇÃO

Gisèle Magno

IMG_20181016_155851.jpg

 

 

Comer será sempre um prazer! Nunca deixe que ninguém lhe tire isso. Magro ou gordo, atleta ou sedentário, saudável ou doente. A comida também faz bem à alma, e eu, enquanto nutricionista, assumo um papel de representante da comida saudável como forma de vida. Não caia em dietas, não acredite em dietas. As dietas são aborrecidas. Não passe fome, ficamos rabujentos! APRENDA A COMER! A nutrição é tão simples como aprender a comer. Adaptar o paladar. Experimentar novos alimentos e combinações. Comer de tudo com peso e medida. Aprender a nutrir o corpo. Aprender novas sensações, a de se sentir saudável, por exemplo. Educar a cabeça e o estômago. Ser crescido e cortar hábitos, mesmo que de uma vida, se lhe estiverem a fazer mal. Comer bem não é moda, é saúde! 

22
Nov17

Sobre paladar, tamanho do estômago e educar-se do ponto de vista nutricional

Gisèle Magno

Sabe o que é difícil? Começar! Sei que muitas vezes assombra o pensamento de quem quer perder peso ou simplesmente alimentar-se de forma mais saudável, o fantasma do que comeria antes de iniciar este processo. E ISSO É NORMAL!

Para a grande maioria de nós, a comida menos saudável ou nada saudável é realmente muito atrativa e vem associada a dias felizes, dias de festa, jantares fora ... Ou ao nosso estado emocional "tive um dia tão mau, mereço um bolinho". E parece que este sentimento em relação à comida nunca vai desaparecer ... Mas vai!

Pense um passo de cada vez. Nunca terá (a não ser que tenha alguma doença que assim o determine) que deixar de comer por completo o que quer que seja. Vai ter apenar de aprender a guardar para as ocasiões festivas e em quantidades menores que o habitual e achar isso normal. E fazê-lo, mesmo que com algum esforço inicial, conduzirá a estas três mudanças no seu organismo:

 

1. ALTERAÇÃO DO PALADAR

Se limitar o consumo de "extras" o seu paladar vai "desaprender" estes sabores e habituar-se aos novos. Caso clássico é o açucar no café! O gosto pelo doce é inato, mas se o retirar por completo, o organismo percebe que já não existe e adapta o paladar, começando a tolerar e até gostar do amargo. Muitas pessoas, que se dizem "viciadas" em doces, comentam passado algumas consultas terem experimentado uma bolacha maria ou chocolate de leite depois de semanas sem, e acharem excessivamente doce! 

 

2. TAMANHO DO ESTÔMAGO

Se comer menos e melhor, se a cada refeição der ao seu corpo não o que quer mas o que precisa, o seu estômago verifica que não há necessidade de ter o tamanho "x" porque não vem mais comida, e adota o tamanho "y" mais pequeno e confortável. Quando isto acontecer, mesmo que queira exagerar, verá que o seu limite aparece muito mais cedo. E, o desconforto do enfartamento, fará com que passe a controlar quantidades sem sacrifício.

 

3. EDUCAR-SE NUTRICIONALMENTE

Comida pouco condimentada, doces sem açucar, pão escuro, café amargo, cozidos e grelhados, estufados em crú ... pode não ser o que sempre comeu, o que sempre gostou, mas se mantiver estes hábitos por tempo suficiente, verá que passa a gostar. Por vezes, só o sentir-se bem e em melhor forma motivam esta adaptação!

16
Out17

DIA MUNDIAL DA ALIMENTAÇÃO - 16 DE OUTUBRO!

Gisèle Magno

Provavelmente já leu ou escutou a famosa frase "somos aquilo que comemos". E não é que somos mesmo?

 

Aproveite este dia para refletir sobre a forma como se anda a alimentar, sobre a qualidade e quantidade dos alimentos que anda a ingerir.

 

Quanto mais pura e natural for a sua alimentação, mais energia e nutrientes bons vão circular no seu organismo, dando-lhe saúde, vitalidade e a sensação de bem estar geral.

 

Procure ingerir alimentos com o mínimo de processamento, de todos os grupos alimentares, de forma faseada ao longo do dia e, quando cozinhados, utilizando métodos simples.

 

Eduque-se a si, ao seu paladar. Crie rotinas para a casa, para todos. Pense num estilo de vida saudável e sustentável ao longo do tempo, e não numa lógica de dieta. Mude porque faz bem, e o que faz bem, vai ficar-lhe bem também! :) Pense nisto!

25
Ago17

Compulsão alimentar - como tratar?

Gisèle Magno

- Disciplina alimentar

- Educação alimentar

- Criar relação saudável com a comida

- Estratégias diárias de controlo da vontade de comer

- Adoção de hábitos saudáveis para a vida

- Apoio psicológico

 

É este o caminho. E ele não se faz sozinho. Existem várias estratégias nutricionais que o podem ajudar a aprender a conviver com a compulsão alimentar e a ser mais forte do que ela (pelo menos a maioria das vezes), bem como ter crises de menor intensidade. O apoio psicológico será também muito importante, dependendo do grau e anos de duração deste comportamento. Procure ajuda!

24
Ago17

Compulsão alimentar - o que é?

Gisèle Magno

Pensar em comida. Pensar em comida a toda a hora. Pensar em comida de forma descompensada. Começar a comer. Começar a comer e não conseguir parar. Comer até doer a barriga. Voltar a comer quando a dor começa a passar. Sentir sempre vontade de comer. Comer doces. Comer salgados. Comer comida. Fazer combinações absurdas em quantidades abusivas. Estar a comer e não pararem de surgir na sua cabeça mais e mais alimentos que quer, ali, naquele momento. Pensar "vou então comer hoje mesmo tudo o que me apetece e amanhã volto ao normal". Sentir-se culpado mais não compensar de nenhuma forma. E este ciclo repete-se, muitos dias, por vezes seguidos, sem conseguir pôr travão.

 

Isto é compulsão alimentar. Isto é uma doença de comportamento alimentar. Isto não é só vontade de comer.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Mensagens

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

CONSULTA DE NUTRIÇÃO

Nutrição clínica, desportiva, vegetariana/vegan - Gaia, Espinho, online

ACOMPANHAMENTO NUTRICIONAL ONLINE

Ideal para quem vive longe, tem horários confusos e falta de tempo. Não há mais desculpas para não cuidar de si, nutrição à distância de um "click"!