Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A dieta dos 365 dias

A dieta dos 365 dias

08
Nov16

Sobre o limite fisiológico do corpo

Gisèle Magno

Todos temos de perceber, que não engordamos nem emagrecemos até ao infinito. Existe o chamado limite fisiológico do corpo, para além do qual é muito difícil passar. Quer esteja num plano de emagrecimento quer esteja num plano de aumento de massa muscular, existe aquele peso a partir do qual o seu corpo vai resistir resistir e resistir!!!! E porquê? Porque é para ele uma agressão passar daí, porque implica muitas alterações metabólicas e fisiológicas. Porque não fomos preparados para isso.

É também por isso que os primeiros quilos são muito fáceis de perder ou ganhar. Passada esta primeira fase, o seu corpo vai resistindo e tornando o processo mais lento. Veja isto também com uma defesa (porque o é na realidade), imagine o estado da sua pele se emagrecer ou aumentar 6 kg por mês durante um ano??

É por isso fundamental que saiba da existência deste ponto. Não deve desistir, mas deve criar uma imagem verdadeira do seu corpo e perceber o funcionamento do seu organismo, e assumir que será um processo cheio de avanços e retrocessos, e que isso FAZ PARTE. A partir daí, com uma boa estratégia e um bom planeamento, não há impossíveis! Vai sentir o seu corpo a transformar-se aos poucos, e esses ganhos ficarão para sempre, pois serão alcançados ao ritmo do SEU ORGANISMO e não da sua cabeça ou vontade. Percebe a diferença? Vamos a isso?

05
Jul16

Sobre doenças e medicação que provocam aumento de peso

Gisèle Magno

É facto, existem condições de saúde e certas medicações que não abonam a favor do peso e composição corporal. É muitas vezes errado dizer que “engordam”, provocam sim retenção de líquidos, aumento de apetite, inchaço, alterações hormonais, alterações no seu metabolismo que fazem com que o seu peso aumente e, por consequência, a sua imagem corporal fique alterada.

 

Sabe muitas vezes o que também acontece? Entrar numa espiral de pensamentos “já que vou engordar e já vou é comer tudo que quero”; “é a medicação que me engorda, não a comida, não tem nada a ver com o que como”; “enquanto não resolver este problema de saúde já sei que vai ser sempre a aumentar quilos na balança”.

 

ERRADO!!! Leia bem e fixe esta ideia: é precisamente por ter um problema de saúde ou tomar uma medicação que lhe tendem a aumentar o peso que deve ser AINDA MAIS RIGIROSO com a alimentação para garantir que, no final do processo, mantém pelo menos a mesmo forma física com que começou. Não há doença ou medicamento que provoque tamanho aumento de peso que uma alimentação equilibrada e saudável não possa contrariar.

20
Mai16

Emagrecimento e imagem corporal

Gisèle Magno

0000000969.jpg

VOCÊ: vai sentir o seu corpo a mudar e vai sempre achar que é para pior. Só com as idas a balança e a fita métrica vai realmente começar a acreditar nas diferenças e, claro, com o tamanho da roupa a baixar. Tendemos sempre a desvalorizar as mudanças corporais em nós mesmos. Por outro lado, quando perde muito peso e volume, a pele pode não acompanhar tão rápido quanto desejado este processo, e facilmente confunde este excesso de pele e consequente flacidez com gordura corporal.

 

AS OUTRAS PESSOAS: vai saber também que a sua dieta está realmente a funcionar quando a primeira pessoa lhe disser “estás tão magra! Estás doente?” Continue, sem medos! Está no caminho certo! Aqui a imagem corporal muda radicalmente, não pense que as pessoas o dizem por mal, simplesmente está demasiado diferente! Ainda não temos o culto do peso saudável como um objectivo automático, ainda temos demasiadas “dietas malucas” a percorrer o mercado, daí o estar muito mais magro ter, para quem o vê uns meses depois, uma conotação negativa. É muito comum, sobretudo no acompanhamento de crianças e grandes obesidades, a pessoa ainda estar dentro de todos os parâmetros de excesso de peso ou obesidade grau I e ser classificada de “magra” pelos outros.

 

Mas, não tenha medo, continue! Se estiver a fazer um acompanhamento adequado, o seu corpo saberá o seu limite de perda de peso e começará a estabilizar. É por isso que só podemos e devemos emagrecer a comer de tudo o que o nosso corpo necessita e em quantidades adequadas para as nossas características, para que naturalmente o corpo abrande a perda de peso quando estamos quase a cortar a meta!

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

CONSULTA DE NUTRIÇÃO

Porto - Boavista; Gaia - Centro/Praias/Grijó; Espinho

CONSULTA DE NUTRIÇÃO ONLINE

Ideal para quem vive longe, tem horários confusos e falta de tempo. Não há mais desculpas para não cuidar de si, nutrição à distância de um "click"!

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D